sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

EPIDEMIAS

CDC e OMS lançam teste de detecção rápida para malária
   
Comunicado da Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta a eficácia de um novo teste de detecção rápida da malária, que, segundo o texto, "pode ajudar profissionais de saúde a identificarem rapidamente quais pacientes têm a doença e necessitam de tratamento imediato". A notícia foi emitida com vistas ao Dia Mundial da Malária, comemorado ontem, dia 25 de março.

De acordo com o artigo publicado na última sexta feira pela entidade, a malária mata em torno de 860 mil pessoas por ano, em todo o mundo, sendo crianças africanas as principais vítimas da patologia. De qualquer forma, segundo o informe, ela atinge em grande monta a Ásia, América Latina, Oriente Médio e partes de Europa. Robert Newman, diretor do Programa Malária Global da OMS, afirma no comunicado que, diante deste quadro estatístico, o novo teste poderá permitir o diagnóstico em áreas rurais remotas e que não têm acesso ao diagnóstico microscópico, onde segundo ele, "ocorre o maior número de casos da doença".

Lembrando que a doença é um grave problema de saúde pública no Brasil, informamos que o texto completo sobre o teste e sua validação feita e coordenada pelo CDC (US Centers for Disease Control and Prevention) pode ser acessado em http://www.who.int/mediacentre/news/notes/2010/malaria_20100423/en/index.html.

Fonte: Saúde em Movimento/Agência Notisa