quinta-feira, 5 de maio de 2011

Exercícios para a postura podem ajudar a combater celulite e gordura localizada

Boa postura ajuda a combater celulite e gordura localizada

 postura

Se você pensa que só mágica pode acabar com a celulite e a gordura localizada, a solução pode começar por uma caminho mais fácil do que você imagina. Segundo o fisioterapeuta Vidigal Afonso Gasparini, da CorpoEquilíbrio Fisioterapia Personalizada, um tratamento de correção postural melhora a circulação sanguínea, coloca a barriguinha para dentro e empina o bumbum.
Claro, só a  postura não resolve o problema, mas, com alimentação adequada, exercícios físicos e uma boa postura é possível, sim, acabar com a tão temida celulite. Ele diz também que existem tecnologias hoje em dia que atuam como coadjuvante do tratamento e aceleram o processo.

O fisioterapeuta explica que a má postura dificulta a circulação sanguínea e dos vasos linfáticos em áreas que ficam comprimidas pelos desvios posturais. Com problemas na circulação, o corpo acumula gordura e líquidos nessas regiões, que causam as celulites e gorduras localizadas. Além disso, os órgãos, quando comprimidos pela má postura, não funcionam corretamente, podendo apresentar diversos problemas, como intestino preso. Para ele, quanto mais próximo o organismo está da harmonia melhor e uma boa postura traz um bom funcionamento do corpo.
Além de combater a celulite, a boa postura gera benefícios estéticos imediatos. Diversos desvios posturais fazem aparecer gordura onde não há tanta assim. Em desvios laterais da coluna, como a escoliose ou posturas de apoio em uma perna só, há uma compressão da região lateral do corpo, acumulando gordura e gerando um pneuzinho indesejado no lado comprimido. Ao se equilibrar a postura, o pneuzinho lateral some.
Para os que esperam um milagre, Vidigal explica que o processo é demorado e algumas vezes doloroso. Pessoas com grandes problemas posturais possuem fraqueza na musculatura que mantém a postura, por isso é necessário um fortalecimento muscular que pode gerar dor muscular, assim como um treinamento de academia. Mas em alguns meses o resultado já pode ser visível, até por que, muitas vezes, o que achamos que é celulite é na verdade flacidez muscular. Se associado à dieta e exercícios físicos, o trabalho tem um resultado mais rápido e melhor.
O fisioterapeuta dá uma dica para os pacientes que têm dificuldade em perceber a evolução no corpo por observá-lo todos os dias. Nessas situações, é interessante tirar uma foto no início do tratamento e algum tempo depois, com a comparação mais distanciada é possível ver os resultados e se animar mais com o tratamento.
Se não tratados, os desvios posturais tendem a piorar com a idade. Ele conta que um estudo realizado pela Unifesp com idosos mostrou relação entre problemas de saúde e grandes desvios posturais, indicando haver uma relação entre saúde e postura, ao menos na terceira idade.
Quanto mais cedo acontece o tratamento, melhores e mais rápidos são os resultados. Grandes desvios como escoliose, hiperlordose e hipercifose são tratados com mais eficiência até a primeira menstruação das meninas ou os 15 anos dos meninos, por ainda estarem em fase de crescimento. Depois disso, esses desvios apresentam melhora, aliviando o problema, mas muitas vezes não podem ser totalmente curados.

Foto 1 de 39 - Manter a postura correta apresenta benefícios estéticos por si só, mas o fisioterapeuta Vidigal Afonso Gasparini, da CorpoEquilíbrio Fisioterapia Personalizada, explica que uma boa postura pode auxiliar no combate à gordura localizada e à celulite.
Correto - A postura correta ao sentar é apoiar o peso nos ísquios, dois ossinhos do quadril, bem embaixo do corpo quando sentamos eretos. Ao sentar numa cadeira com espaço embaixo, passe os glúteos pelo buraco, apoiando a lombar no início do encosto da cadeira. O ângulo no quadril deve estar entre 90 e 110º. Na foto, a cadeira é alta demais, repare no apoio para os pés que deixa as pernas com um ângulo de 90º graus no joelho Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal
 
Foto 2 de 39 - Errado - Nesta posição não há suporte na coluna lombar e o peso do corpo está sobre o sacro (final da coluna), região com uma grande quantidade de nervos e vasos sanguíneos e linfáticos. Nessa posição, a circulação está comprometida, propiciando um acúmulo de líquidos e gorduras nas pernas e abdômen. A inervação é prejudicada, podendo haver até formigamento e dor nas pernas e quadril Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal

Foto 3 de 39 - Errado - Sentada dessa forma, o peso corporal se projeta majoritariamente sobre o osso do púbis, na região frontal do quadril. O peso do corpo comprime a área das vísceras, prejudicando a circulação sanguínea e linfática, além de poder causar distúrbios do sistema digestivo. Com essa dificuldade na circulação, o aparecimento de celulites e gordura localizada é mais comum Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal

Foto 4 de 39 - Errado - Nesta foto, ela está sentada sobre o sacro, dificultando a circulação sanguínea e linfática, além de comprimir os nervos. Como a lombar está curvada para frente, o abdômen está sendo comprimido, também dificultando a circulação nesta área e prejudicando o funcionamento dos órgãos viscerais. O pescoço está abaixado, o que pode gerar compressão nos nervos da região cervical. Reparem a posição dos pés, que alcançam o chão apenas com as pontas, gerando sobrecarga no tornozelo Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal

Foto 5 de 39 - Errado - Esta posição apresenta os mesmos problemas da anterior, porém com uma sobrecarga ainda maior na região cervical e na região torácica da coluna pela posição do pescoço Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal

Foto 6 de 39 - Correto - Segundo o Vidigal, o notebook é uma ferramenta para uso em curtos períodos de tempo. Para ser utilizado por um tempo maior com segurança é preciso ter um suporte para a tela, usando o aparelho como um monitor, acrescenta-se, então, um mouse e um teclado, transformando a configuração em um computador de mesa. Para o uso por curtos períodos de tempo, essa posição é adequada. O aparelho está sobre uma mesa, a tela está posicionada para que não seja necessária uma grande inclinação do pescoço, as mãos estão apoiadas sobre suporte na frente do teclado e a coluna está ereta Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal
Foto 7 de 39 - Correto - Em uma postura correta, o quadril deve estar alinhado, com ambos os lados na mesma altura Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal
 
Foto 8 de 39 - Correto - Na postura de pé é preciso se preocupar com o alinhamento da coluna, com uma leve curva da lordose (acima do bumbum). A barriga deve estar levemente contraída, sem projetar para frente Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal

Foto 9 de 39 - Errado - Nessa postura a curva superior (cifose) está excessiva, a cabeça está projetada para frente. Podemos perceber que com a projeção da parte superior do corpo para frente surge uma "barriga" que não estava lá quando a postura era correta. A lordose (curva inferior da coluna) também está diminuída, com a projeção do quadril para frente, aumentando a compressão da região visceral Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal

Foto 10 de 39 - Correto - Com a correção da curva da cifose e o aumento da lordose, colocando o quadril de volta em sua posição normal a barriguinha some Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal

Foto 11 de 39 - Errado - Nesta outra postura incorreta, a curva da lordose (parte inferior da coluna) está incorreta, o quadril está girado para trás e a barriga projetada para frente. Essa postura é muito utilizada por quem quer aumentar o bumbum, mas pode gerar dores na coluna e compressão nas vísceras, que acabam tendo que ser projetadas para fora, formando uma barriga para frente Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal


Foto 12 de 39 - Errado - Nesta posição incorreta a curva da lordose quase não existe, o quadril está girado para frente. Nesta posição as vísceras estão comprimidas pelo quadril e acabam aparecendo na frente como uma barriguinha, o abdômen está relaxado, deixando a barriga mole. Além da barriga aparecendo, nessa posição o bumbum desaparece, somente corrigindo a postura já é possível diminuir a barriga e aumentar o bumbum Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal
Foto 13 de 39 - Errado - Ao apoiar o peso em uma perna, deixando a outra semi flexionada, o quadril fica desalinhado. Com isso, a lateral do corpo de um dos lados passa a apresentar um pneuzinho gerado pela compressão do tecido. Isso também acontece com quem tem escoliose (curva da coluna para um dos lados). A longo prazo, essa posição pode causar um acúmulo maior de gordura no lado comprimido Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal
Foto 14 de 39 - Correto - Com o realinhamento do quadril o pneuzinho lateral some. Nessa posição as correntes sanguínea e linfática estão livres para fazer seu trabalho Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal
Foto 15 de 39 - Correto - Ao ficar de pé, é importante prestar atenção na abertura das pernas para não sobrecarregar nenhuma estrutura. Elas devem acompanhar a largura do quadril Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal
Foto 16 de 39 - Errado - Não se deve abrir demais as pernas, pois isso gera uma aplicação errada de cargas Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal
Foto 17 de 39 - Errado - Ficar com as pernas totalmente fechadas também não é correto, podendo causar sobrecarga no aparelho locomotor Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal
Foto 18 de 39 - Correto - Para dormir de lado é preciso utilizar um travesseiro que deixe o pescoço alinhado com o resto da coluna. O ombro do braço que está em baixo deve ser projetado um pouco para frente, para não ser amassado. As pernas devem estar alinhadas com o quadril, da mesma forma que na postura de pé, portanto é necessário um travesseiro para manter o afastamento entre elas Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal

Foto 19 de 39 - Errado - Nesta posição o pescoço não está alinhado com a coluna, ficando para baixo. O ombro está comprimido embaixo do corpo. Com uma perna flexionada por cima da outra o corpo fica torcido, essa posição não permite um bom fluxo nos órgãos internos Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal

Foto 20 de 39 - Errado - Em detalhe o pescoço com travesseiro baixo demais, não fica alinhado com o corpo Fotógrafo: Rafael Lasci/UOL - Modelo: Natália Di Nizo Paschoal

Mais fotos visitehttp://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultimas-noticias/2011/04/27/exercicios-para-a-postura-podem-combater-a-celulite-e-a-gordura-localizada.jhtm